Quarta-feira, 31 de Outubro de 2012
Interessante, muito interessante mesmo o Dr Paulo Portas vir ameaçar com estatutos, com disciplina partidária.Rui Barreto Dr Paulo Portas não teve medo,nem foi cacique de ninguém nomeadamente do Presidente do seu partido que traiu todos os valores em que se baseava a ideolodia do CDS e a diferênça só está no facto de Rui Barreto ter tido a coragem de fazer e assumir o que muitos outros deputados ...
quer do CDS quer do PSD gostariam de fazer. Dr Paulo Portas Presidente do Partido onde militei e sevri quase trinta anos , esqueceu que o senhor era contra aumentos de impostos? Esqueceu a Lavoura? esqueceu tudo pelos vistos.. E como tenciona fazer campanha nas próximas autárquicas? A fugir do Povo?Como entrará nas Feiras? Vai substituir o célebre boné por capacete? E já agora só mais uma perguntinha: Também vvai utilizar os estatutos do CDS ( que nunca ninguém cumpriu nem cumpre) e a disciplina partidária com o deputado Ribeiro e Castro que muito bem votou contra a extinção do 1º de Dezembro?

publicado por alertamadrugada às 20:16
|

Tiro hoje o meu chapéu ao Deputado do CDS Rui Barreto.

publicado por alertamadrugada às 20:14
|

Segunda-feira, 29 de Outubro de 2012

O Deputado Madeirense á Assembleia da República do partido CDS  vai otar contra o OE 2013. Tal atitude caiu mal no seio do Partido, nomeadamente no seu Presidente Dr Paulo Portas simultaneamente Ministro de Estado e Ministro de Negócios Estrangeiros do Governo de Portugal. O Deputado Madeirense está no Parlamento  com os vvotos dos militantes e simpatizantes do CDS, mas está também com os votos de muitas pessoas anónimas  que pertencem ao Povo e que acreditaram em todos os valores  que o CDS, sobretudo na pessoa do seu Presidente  Dr. Paulo Portas, defendia.

Este Orçamento representa pois o contrário de tudo em que o Deputado Madeirense acreditou, defendeu e explicou aos seus eleitores na campanha eleitoral. Como ele é uma pessoa séria honra o seu Mandato que lhe foi confiado, não pelas mãos de Paulo Portas. O Deputado tem pois o direito e a obrigação de votar contra o OE2013 porque se o Dr Paulo Portas esqueceu aquilo que prometeu esta atitude do Deputado Madeirense prova que o CDS ainda tem pessoas sérias e honestas. O caciquismo e a subserviência revela-se para outros que dessa forma asseguram os seus lugares na politica. Não há Patriotismo que justifique a permanência numa Coligação em que o Sr Primeiro Ministro tem como principal objectivo a destruição do Estado Social sendo isso tanto quanto mais grave num País que tem um dos mais baixos salários da Europa e cujos idosos recebem pensões de vergonha. E não se argumente que estar nesta Coligação  a única forma de proteger o País de uma qualquer desgraça  anunciada vá-se lá saber-se por qual Força Messiânica. Em Democracia há sempre alternativa e o Dr. Paulo Portas que sabe muito bem disso, não pode refugiar-se nesse argumento.

Dr. Paulo Portas respeito pelo Povo precisa-se.

Maria Antonieta Girão Fevereiro

publicado por alertamadrugada às 16:14
|

Domingo, 28 de Outubro de 2012

Mais uma operação de cosmética do actual governo. Estas jornadas parlamentares em conjunto com  os dois partidos da coligação , tiveram como o bjectivo mais uma vez enganar o Povo fazendo-lhe crer que todas as hostilidades entre o PSD e o CDS  teriam  já passado e que haveria uma completa harmonia entre eles.Profundo engano! Se outras coisas não  estivessem patentes, chegaria olhar a cara do Ministro de Estado e Negócios Estrangeiros e também Líder do segundo partido da coligação para adivinharmos que as discordâncias na coligação estão para ficar. Paulo Portas tem a clara noção que quando tudo isto acabar o CDS deixou de existir pela simples razão que nenhum do seu eleitorado vai acreditar num partido que ao ter a oportunidade de entrar para o governo trai  todos os valores que outrora proclamava defender.Como poderá Paulo Portas enfrentar os pequenos agricultores e comerciantes, a classe média, os reformados, os idosos, os espoliados de Àfrica ou os antigos combatentes? Quanto ao Sr Gaspar alguém lhe deveria dizer que os Portugueses querem pagar impostos  só  que os não podem pagar porque não têm emprego, porque  quando o têm recebem ordenados muito inferiores aos do resto da Europa, porque  também não têm condições para investir e porque  quando investem são tratados como ignorantes por qualquer "expert" que por acaso é conselheiro do senhor Primeiro Ministro. E já agora  haverão de concordar comigo que o suposto Dr Relvas é um exemplo para a sociedade portuguesa.

Maria Antonieta Girão Fevereiro

publicado por alertamadrugada às 21:26
|

Quinta-feira, 25 de Outubro de 2012

O Ministro Pedro Mota Soares acordou um dia com a intuição que deveria cortar no subsidio de desemprego dos Portugueses 10% e em menos de 24 horas decide que afinal não seriam 10% mas 6% sendo certo que mesmo aqueles subsídios menos elevados levariam da mesma forma  o corte È assim que o Sr Ministro toma decisões na vida dos Portugueses desempregados,  de uma forma totalmente arbitrária como se a vida dos desempregados fosse um laboratório onde se podem fazer experiências sem atender ás consequências. Seria bom lembrar ao  sr Ministro  Pedro Mota Soares  que subsídio de desemprego não é esmola. Quem o recebe é porque por eventualidades da vida  perdeu o seu emprego,  mas durante todo o tempo que estava  a exercer a sua profissão  fez descontos elevados  para no caso de perca de emprego, poder auferir esse subsídio que temporáriamente o ajudará a suprir as dificuldades de não conseguir encontrar um trabalho .Não sendo pois esmola é um direito adquirido, inalienável  do cidadão e para o qual ele próprio contribuiu. O Sr ministro Pedro Mota Soares tem passado muito da sua vida  tendo como emprego o ser Deputado da Assembleia   da República após militância na JP do CDS. Constattamos pois que é mais um politico da escola  das Juventudes Partidárias  a exemplo de Pedro  Passos Coelho actual Primeiro Ministro.Qual destes senhores entre outros que  povoam os Partidos   já passaram pela experiência  que a maioria dos Portugueses passam, ou seja procurar emprego  nos jornais , nos sites da Net ou em entrevistas pelas empresas? Qual destes senhores passou pela experiência de empregos a contratos ou a recibo verde sem quaisquer regalias? São Deputados da Nação, ao longo de muitos mandatos ou então em alternativa  saem da faculdade  e como por qualquer milagre, entram em empresas ocupando logo   quadros  superiores sem nenhuma experiência  mas apadrinhados quiçá  por poderosos accionistas.

Neste quadro de vivências torna-se fácil decretar cortes  nos parcos auferimentos da maioria dos Portugueses.

Maria Antonieta Girão Fevvereiro

publicado por alertamadrugada às 15:14
|

Terça-feira, 02 de Outubro de 2012

Sou dos que defendem que Portugal deveria olhar o seu mar de uma outra forma. Temos fronteiras com o Mundo através desse mar que nos deu a glória, a sabedoria e a riqueza.

Da Europa  chegaram as guerras, as invasões francesas  a destruição das nossas pescas, da nossa agricultura e até em certa medida da nossa cultura. Se recebemos algo da Europa pagámos sempre  e estamos a pagar preços muito elevados. Somos hoje um País de navegadores sem frota, sem bússola e sem rumo. Mas continuamos a possuir o mar que ninguém nos roubou, que ninguém teve a ousadia de nos levar para enriquecimento da Europa Central tal como fizeram  com a agricultura ou com  a frota pesqueira. O mar liga-nos ao Mundo mas liga-nos sobretudo  a países com economias emergentes , a uma Àfrica com recursos imensuráveis  onde a nossa vocação lusófona está privilegiada . Somos um povo de navegadores, de espirito livre que sempre de forma tolerante  soubemos negociar e aceitar a diversidade .Temos na nossa gente a força de muitos paises que estão com os nossos afectos. Do Norte de Àfrica trouxemos  o gosto dos grandes espaços dos desertos, de Angola, Guiné e Moçambique a miscenização do sangue, do Brasil os verdes da esperança  encontada numa selva exuberante, do Oriente o mistério da nossa personalidade e exotismo e da India os sabores  das especiarias. Somos um povo de muitas misturas. Não nos confinem a pequenos espaços. Limitarem-nos á Europa  e roubarem-nos a nossa Identidade e tal facto só pode ter lugar em cabeças  limitadas e atrofiadas. Pertencemos ao Mundo e aos Oceanos e é lá que PORTUGAL vai encontrar o Rumo.

Maria Antonieta Girão Fevereiro

publicado por alertamadrugada às 11:36
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
26
27

30


comentários recentes
Agradeço a sua visita e comentário. este será sem...
Muito Bom post.Realmente, este flagelo agrava em m...
um belissimo artigo que está inserido no blog Arra...
Dos piores poemas que encontrei no Alertamadruga!!...
Um belissimo artigo escrito por Clara Ferreira Alv...
e quem fala assim nao é gagooooooo.
grandes verdades ditas em poesia.
Ora aqui mais umas valentes verdades, ditas e escr...
forca Antonieta..obrigada por nos ofereceres um bl...
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro