Sábado, 23 de Outubro de 2010
...

Decorrem as negociações entre o PS e o PSD sobre o orçamento.

E de uma forma solene quase como se fosse uma cerimónia, as duas delegações reúnem e dão declarações aos orgãos de comunicação social.

No entanto desde sempre todos soubemos que o PSD iria concordar com o PS para viabilizar o orçamento.

Continua-se a enganar os portugueses e a desviar a sua atenção  dos assuntos verdadeiramente  importantes com situações que há muito, na mente dos politicos se sabe a solução.

Pedem-se aos portugueses sacrifícios.

A uns, mais do que a outros e no entanto sabemos que a aprovação do orçamento nada irá resolver a não ser  dar a possibilidade á Banca de continuar a pedir dinheiro para o País pagar dívidas e não para investimento.

Sem investimento um País não cresce,não deminuie o desemprego e quanto ás exportações, poderemos todos nós perguntar:

Com os países na sua  generalidade a atravessar uma enorme crise, também eles com medidas de restrição, como será possivel pensar que aumentaremos  o nível de exportações?

Além disso deviamos ter em atenção que todo o investimento que se queira instalar em Portugal, nomeadamente na compra de empresas, deveria ter um processo agilizado de forma muito rápida e nem sempre assim acontece.

Há casos referenciados cujos processos se tornam morosos e essas situações prejudicam Portugal.

 

publicado por alertamadrugada às 22:39
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
20
21
22

24
25
26
27
29
30

31


comentários recentes
Agradeço a sua visita e comentário. este será sem...
Muito Bom post.Realmente, este flagelo agrava em m...
um belissimo artigo que está inserido no blog Arra...
Dos piores poemas que encontrei no Alertamadruga!!...
Um belissimo artigo escrito por Clara Ferreira Alv...
e quem fala assim nao é gagooooooo.
grandes verdades ditas em poesia.
Ora aqui mais umas valentes verdades, ditas e escr...
forca Antonieta..obrigada por nos ofereceres um bl...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro